Páginas

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

A Fantasia e o Fetiche no BDSM

Muita gente adere ao BDSM para realizar suas fantasias e/ou fetiches, algumas vão além estabelecendo relações fetichistas que não seguem os rigores da relação Dom e sub.
Mas não vou tratar destas relações e sim das fantasias e fetiches dentro de relações BDSM.
Se tem de maneira clara que quem define os rumos da relação é o Dom, desde que dentro do consensual, portanto, quando se tratar de realizar fantasias ou fetiches, serão as dele, tendo a sub como meio.
Mas a sub fica chupando o dedo?
Considerando que as relações devem ser acordadas, os termos colocados todos de maneira clara e seguidos de maneira religiosa, se supõe que a sub, ao escolher se entregar, sabe o que terá, se suas fantasias e fetiches serão contemplados e, consequentemente, a aceitação das fantasias e fetiches de seu Dono.
Acima de tudo fica a relação Dom/sub, norteada por um acordo, que cresce na base da confiança adquirida. A relação, nesses termos, permite explorar uma série de possibilidades, todas dentro do consensual, entre elas, fetiches e fantasias.
É importante ter isto claro pq a relação BDSM se distingue do simples fetiche pela existência de regras, por ser algo continuado e bem mais amplo.
Óbvio que a relação pode ser fortemente marcada por algum fetiche, por alguma fantasia mas, sempre, terá como escopo principal a percepção de quem um sempre estará Dominante.
Também, de maneira natural, no decorrer da relação, novos fetiches e fantasias são explorados, afinal, as possibilidades sempre serão amplas e o BDSM, com suas regras, dá segurança pra isto, se falo de regras, implícito está que falo de consensual, pq não cabe impor algo que e sim evoluir de modo a ambos se perceberem capazes de abrigar novas formas dentro da relação.
São sutis as diferenças? Talvez, mas uma coisa marcante na relação BDSM é sua continuidade, é a maneira que duas ou mais pessoas se relacionam e os papéis que cada um exerce com a plena aceitação e reconhecimento do outro, não é um experimento de momento, uma vontade passageira ou algo que se visita ocasionalmente.
Se vc espera uma relação onde possa realizar seus fetiches e fantasias, escolheu o lugar errado, o BDSM é muito maior que um simples espaço de diversão, prazer...

2 comentários:

lady viana disse...

Texto muito esclarecedor, aprendi bastante ao lê-lo. Beijo.
lady viana

Maya SP disse...

"Acho que o sexo pode ser o complemento da relação BDSM, não se pode perder o foco, mas dentro dessa relação D/s, tem que existir a confiança e cumplicidade, senão como ser um D/s?... Nesse grau que a relação chega, acho possível realizar todos os fetiches e fantasias, claro consensual, barreiras se quebram, sub sempre vai ter o prazer de realizar o seu Dom, esse é o prazer dela, seja no sexo ou nas sessões.
Qual a sub que não quer ser o orgulho do seu Dom? :)"