Páginas

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Lamento

Mundo estranho.
Vc tem a mulher de natureza sub que não consegue dar o passo decisivo e a mulher, que de sub não tem nada, que desfila por ai se autoproclamando uma.
O sexo é um mundo bem maior do que qualquer coisa, abriga de tudo e de todos e, justamente por isto, justifica muita coisa.
Mas, num mundo imperfeito como o nosso, não dá pra esperar que tudo saia conforme a cartilha: BDSM pra praticantes, fetiches para os adoradores, sexo casual para quem assim deseja, sexo amoroso para os românticos, etc.
Até pq, convenhamos, nem todo mundo tem compreensão exata do que se passa e sente.
A questão é que tudo é tão corrompido que até vc acaba tb corrompido, se não de alma, de suas convicções.
Difícil se manter por tanto tempo em algo que te mina, desgasta, se transformou em batalhas diárias.
Por um tempo vc aguenta o tranco, as recompensas se sobrepõe, claro, desde que vc tb seja bem flexível qto a isto.
Uma hora vc se recolhe, retoma o olhar para as outras coisas valiosas da vida que, se vc for inteligente, jamais deixará de lado.
Legal se isto ocorrer quando vc já viveu de tudo, já atingiu seu ápice dentro daquilo que acredita, que escolheu vivenciar. Nem sempre é assim.
Óbvio, tb, que seria uma vida de dedicação mais longa se houvesse mais "pureza" no processo. Subs sendo subs, Doms sendo Doms...
Mas tá difícil, a vulgaridade e falta de senso imperam, a putaria tomou todos os espaços... Não se vê mais a elegância, a finesse...
Sei que é conversa velha, assunto já amarelado pelo tempo, mas sempre que olho "por ai" me desanimo profundamente.
Já escrevi textos inspiradores (ao menos no intuito), outros de alerta, mas hoje penso: pra quem?
Devem ter uns "dinossauros" que me visitam, dão uma lida, suspiram concordando, e navegam para outras páginas. Não os condeno.
Gente de bem que foi repelida pela "força maligna" que tomou tudo.
Há quem ache tudo isto natural, é isto mesmo e pronto. Até acho que sexo exacerbado é sim uma forma de Dominação/submissão, mas não a única.
É como se as rádios, todas, só tocassem o mesmo gênero, sufocando qualquer coisa diferente.
Sempre digo que somos subs ou Doms desde que nascemos, até que um dia a vida nos cobra uma decisão: assumir ou não. Queira ou não queira, vc sempre será o que sua natureza te impôs. Não existe o quanto tempo se é, mas sim há qto tempo que vc assumiu seu papel. Mas, da mesma maneira que um dia vc assumiu as rédeas, chega o dia de saltar do cavalo.
Não sei pra vcs, mas espero que pra quem já saltou, que tenha sido no momento certo, que tenha colhido realizações, felicidades... É duro ter se aventurado sem ter colhido frutos. Mas tb não posso dizer: persista. Hoje não posso assegurar que vai encontrar o que busca.