Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Surpresa.

Imagem
Attic Story 03, upload feito originalmente por Alin Ciortea. Pra quem?

Por trás das grades?

Imagem
Studio Study II, upload feito originalmente por Alin Ciortea. Liberte-se.

Orgulho de ser BDSM.

Muito se discute sobre o momento BDSM, de como os conceitos estão corrompidos, de como existem aproveitadores, etc. Tudo isto é verdadeiro e merece um espaço em nossas discussões. É frustrante? Muito. Mas tudo tem sempre outro lado a oferecer, o lado onde o BDSM se revela forte, íntegro. Onde o BDSM se engrandece. Sabemos dos riscos, das ameaças. Conhecemos todo tipo de situação que afeta e prejudica nosso universo, mas o fato é que ele é mais forte do que os "turistas" supõe. O verdadeiro BDSM é rico em dignidade, respeito, admiração. O BDSM não é discriminatório, preconceituoso, pequeno. O BDSM não é invejoso, corrupto. Fatos recentes provam isto, são gestos e mais gestos desta grandeza que falo. Que não tenham a inocência de supor o contrário, os verdadeiros membros deste nosso universo só reforçam a força do todo, contribuindo para um BDSM são e seguro. É um universo em crescimento, não em tamanho, mas em qualidade. Muito aprendemos aqui, cada um de nós cresce junto, …

Autoras...

Imagem
Sedona - Small Luxuries, upload feito originalmente por TrentChau.

Reflexão do Dia.

Muito se diz que a sub deve obedecer seu Dono quase cegamente (alguns omitiriam o "quase"). Mas é evidente que a sub deve confiar em seu Dono afinal a entrega pressupõe tal confiança. Ainda assim, muito se oscila diante da ordem dada, diante da condução do Dono. Mas se a sub aceitar ser conduzida (apresentada) a um novo universo, não conhecido por ela e que, muitas vezes, modifica a própria leitura da vida baunilha, pq questionar, duvidar, vacilar? Quando partimos para novas descobertas, precisamos de guia, no BDSM este guia é o Dono, a sub se entrega ao Dom na expectativa de que vai se descortinar um universo novo cheio de novas leituras e abordagens. Mesmo sendo tão claro isto, são frequentes os casos onde a sub trava. Para facilitar a reflexão, vamos eliminar da equação as relações oportunistas, maldosas e que não seguem os preceitos BDSM, nesses casos não é rebeldia e sim bom senso. Existem as respostas fáceis: medo, insegurança, cultura, aprendizado, erro de condução, …