Páginas

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Submissão Baunilha

Muitas pessoas relatam submissão como algo sempre presente, mas que não sabiam descrever. Uma opção frequente é a submissão física, no sentido de querer se submeter sob uso de força, energia, sadismo, etc... Esta acaba dando as caras nos relacionamentos, sempre com pedidos constrangidos de uso de força, de um tapa, de xingamentos, etc...
E tem a submissão de obedecer, pertencer, se entregar, satisfazer, estar sob cuidados...
Me dedicando a esta, tema do blog, repito aquilo que é uma constante em meus textos: não confunda...
A submissão fora de lugar, fora de contexto, é ruim, causa mais danos do que ganhos. Não a toa acaba sendo mal vista, como sinônimo de nulidade, de "mulher de malandro", de mulher sem iniciativa, etc...
Não existe proteção numa relação onde um lado "explora" o outro, tira proveito, se beneficia sem oferecer nada em troca.
Por isto a submissão tem seu espaço, se encontra e florece quando dedicada à um Dom, quando vc tem um Dono consensual ao qual vc se submete de vontade própria, dentro de condições pré acordadas.
Misturar as coisas não funciona, a mairoia em algum momento se dá conta, mas achar a solução...
Tanto a Dominação quanto a submissão tem dois lados, um obscuro e outro colorido, mas nem todo mundo tem a chance de conhecer, sequer de viver o lado iluminado.
Como faca de dois gumes, muitas vezes é a própria submissão que te arrasta pra armadilha, nós que não se desatam.
Mas quem disse que uma sub deve ser nula, fraca e sem iniciativa?
Ao contrário, se submeter exige uma força sem igual, uma coragem impar, qualidades que tornam a mulher sub alguém fora de série. Tanto é verdade que poucas são bem sucedidas.
Não vou aqui fazer o discurso do caminho fácil, não é. Não é fácil começar muito menos se manter, mas se vc encontrar as mãos certas para te conduzir, segure.
Mas não se iluda, antes de tudo observe, estude, explore bem pq nenhuma ilusão resiste a um bom teste de paciência.
Uma única coisa é certa, sem a condução certa, nenhum tipo de submissão é válida.
Sua liberdade de escolha é sagrada.

Nenhum comentário: