Páginas

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Canalizar sua natureza.

A maioria das histórias de membros do BDSM envolve a percepção já de longo tempo de que tínhamos algo de diferente, uma necessidade, uma inquietação. O problema é que, muitas vezes, não sabíamos lidar com isto e tirava a desenvoltura da vida, limitando, pertubando, afetando nosso modo de ser e nossas escolhas.
Ai vem o BDSM se descortinando como solução, mas...
Com o passar do tempo as coisas não acontentecem como esperado, ao menos na vida baunilha.
O problema é que poucos conseguem canalizar exclusivamente sua natureza Dominante ou submissa para as relação BDSM, continuam deixando "contaminar" a vida pessoal.
O sucesso na vida baunilha depende da maneira com que vc se relaciona com o mundo, como vc se posiciona e usa suas virtudes, neste universo tanto uma quanto a outra natureza que fazem o BDSM, afetam os frutos que vc colhe, seu desempenho.
Não dá pra ser submisso no dia a dia, muito menos pensar que o mundo está aos seus pés. Profissionalmente é um erro, garantia de que vai ficar estacionado a não ser que vc tenha um talento fora de série que te permita ser aceito do jeito que é.
Na vida pessoal, os efeitos costumam ser bem piores, degradando a relação, afundando até que não reste alegria, só auto consumo. Claro que por vezes vc dá sorte e encontra no parceiro o que o nome sugere, complemento à sua natureza e vcs vivem uma relação que vai se equilibrando como pode. Mas e os filhos? Como educar bem os filhos se deixar predominar uma destas naturezas? Preciso responder?
O óbvio de tudo isto é que nossas naturezas se encontram e prosperam no ambiente BDSM mas são fontes de problema na vida baunilha.
Se não souber canalizar, o conflito se torna uma constante, te consome, afinal de contas, depois de experimentar sua real natureza, em todo seu potencial, a tentação é imensa de "exportar", mas não, não faça isto.
O BDSM é aprendizado, te ensina a organizar sua vida, a colocar cada coisa em seu lugar, sem este aprendizado, sem a sabedoria de dosar, vc corre o risco de piorar aquilo que só era uma inquietação.
O BDSM permite sua natureza aflorar, ganhar corpo, vivenciar tudo aquilo, mas só dentro do BDSM. Canalizando, vc terá liberdade e força pra viver a vida baunilha conforme as exigências delas, sendo forte, capaz, equilibrado e sábio.
Ser bem sucedido como submissa ou Dominante significa que vc soube, também, canalizar, dar o espaço devido, colocar as coisas cada uma dentro do seu espaço.
BDSM, lembre-se, não é substituto, não é alternativa, é algo pra ser vivido com inteligência e de maneira integral. BDSM não compete, mas complementa. O BDSM, acima de tudo, ensina, te preenche, te dá vida.
Transitando dali pra vida baunilha, vc estará mais forte, mais bem resolvido(a), mas senhor(a) de seus atos. É assim que deve ser.
Mas se alguém imagina que sua natureza pode ocupar todos os espaços, boa sorte. A vida cobra sua conta. Mas não creio que o masoquismo vá tão longe e por tanto tempo, a infelicidade costuma ser dura demais com as pessoas.

Nenhum comentário: