Páginas

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Mentes Obtusas II


O BDSM bem vivido é das coisas mais enriquecedoras que alguém pode passar. É transformador, é intenso, é prazeroso, é único.
Mas não é para todos.
Ter a sabedoria de perceber isto já é um dos efeitos benéficos do meio. Não adianta forçar sua natureza na expectativa de conseguir alcançar o que é tão certo e ajustado nos outros.
Cada um de nós tem seus caminhos para a felicidade, não existem atalhos, devemos ser obstinados sim na busca de nossa felicidade, esteja ela onde estiver, seja qual caminho deva ser percorrido.
Felicidade, portanto, não se rouba, não se pega emprestado, busque a sua sem se deixar cegar pelas tentações ou pelos enganos.
Conselhos antigos, que atravessam os séculos e sobrevive ao tempo pq é uma verdade inatacável.
Infelizmente, muitos ainda não se deram conta disto e buscam a todo custo não só roubar a felicidade alheia como impedir que os outros sejam felizes.
Mas o que eles têm além do propósito malévolo de prejudicar aos outros? Nada. Quem age assim não tem amigos, não tem vida, não tem motivos pra sorrir a não ser em suas eventuais vitórias. Repetindo uma definição usada anteriormente, são espíritos sem luz.
A gente sempre espera que o bom senso impere, que as pessoas um dia acordem pro fato que viver em função de outras vidas só os tornam infelizes e vazios.
Na primeira postagem com o mesmo nome, uma das pessoas que vivem em função de ataques anunciou que as coisas só iriam piorar, pois é, cumpriu sua palavra. Quem dera tamanho esforço fosse dedicado a própria felicidade e não a tentativa de prejudicar aos outros.
Um dos equívocos é imaginar que se ataca somente indíviduos, se ataca também convicções, crenças, opções de vida. Se ataca tb todos que acreditam nisto e na correção de atitudes. Não se denigre somente pessoas, se denigre o próprio BDSM com este tipo de ação.
E cá estamos de novo trazendo a tona os fatos.
Quando os ataques são individuais, vc decide se quer fazer parte deles ou ignora-los. Eu e atena decidimos ignorar. Quando os ataques se estenderam, decidimos nos manifestar pelo tempo necessário pra deixar as coisas mais claras.
Mas numa segunda onda, os ataques vieram mais baixos: roubos de fotos, de identidade, ameaças à amigos, insinuações, perfis em sites de prostituição, falsos dossiês lançados irresponsavelmente no ambiente profissional.
A maldade humana revela a falta de limites das pessoas.
Mesmo diante das providências tomadas, ainda se sentem confortáveis em prosseguir, contando com a ingenuidade de muitos e ambição de outros.
Quantos foram iludidos e seduzidos por histórias escabrosas contadas como num enredo de novela com baixos indíces de popularidade. O que é interessante é como muitos ainda se aproximavam buscando tb tirar proveito da "vítima".
Os fatos deveriam ser derradeiros, o simples comparar de estilos já seria suficiente, mas não foi. O simples observar das amizades deveria ajudar, mas não ajudou. A simples leitura dos fatos narrados deveria causar questionamentos, mas não causou.
E é isto que assusta. Como a verdade pode ser massacrada sem que as pessoas, ao menos, queiram apurar. Sopro no seu ouvido uma história e vc a toma como verdadeira? Onde fica seu discernimento e sua capacidade de julgar?
É justamente por isto que se faz necessário retornar aqui e se posicionar.
Um bordão antigo dizia: Ele está certo, errado está quem lhe dá razão.
Pois aqui estamos de novo, eu e atena, pra proporcionar a todos a chance de conhecer a verdade.
Observem que a fidelidade prevalece, indo muito além dos formatos da relação, do status de nossas vidas. Talvez isto incomode.
Atena não me serve mais, nem estava mais no meio, se dedicando a sua vida baunilha com sucesso, está feliz, conquistando e vivendo coisas que sempre sonhou. No entanto, diante dos novos fatos, refez seu perfil, juntou os amigos e estamos aqui pra desmacarar um fake, lançar luz sobre a verdade para os que ainda não se deram conta, permitir que ainda a tempo saim da canoa que afunda e, também, se juntem a nós pra demonstrar que não aceitamos mais este tipo de coisa.
Muita gente tem se manifestado, muita gente tem se revelado de maneira muito positiva e, confesso, fiquei orgulhoso com algumas coisas que vi. Creio que muitos tem amadurecido com os acontecimentos, percebido com mais clareza os riscos envolvidos. Ainda há tempo de outras pessoas se posicionarem com o mesmo vigor, muitos que sabem de verdades que ainda não foram divulgadas, cada um deve saber sua responsabilidade.
Sempre abominei a publicidade, quem me acompanha no blog sabe disto, quando falo de publicidade falo de marketing barato, de ações para se vender uma imagem, criar chamariz para um ou outro, vendendo o peixe errado. Acredito nas relações bem vividas, envolvidas com seus compromissos internos. Observem que o marketing que aqui falo não é a mesma coisa que as relações abertas, são coisas bem diferentes. Uma coisa é o desejo de permitir que outros compartilhem os bons momentos de uma relação, outra é contar histórinhas pra boi dormir, vendendo coisas que não existem.
Portanto, é assim que mantenho minha vida dentro do BDSM, mas isto não significa conceder espaço pra que as pessoas se criem em mentiras e lendas, sou e continuarei sendo seletivo, não sou imune ao erro, ninguém é, às vezes abrimos portas erradas, mas continuarei com minha convicção e postura, venho aqui não contrariado, pq sei que é necessário, estou aqui com a responsabilidade que o caso requer, mas lamento que tenha que ser assim, lamento por pessoas próximas que foram atingidas e atacadas, lamento pq algumas destas pessoas sentiram realmente os ataques, mas espero que fazendo o certo, possamos amenizar os estragos feitos.
Muitos se uniram nesta luta, sabendo o que estava em jogo, sabendo do jogo sujo, com cautela e sabedoria, ganhamos corpo pro que agora se mostra, para que todos possam não só conhecer os fatos, mas se manifestar. Muita gente até conhece os fatos e está tendo agora a chance de se manisfestar, de se posicionar. Infelizmente os ataques foram feitos de tal maneira que só restou agir assim, para que a verdade não fosse distorcida e lançada irresponsavelmente.
Não gostaria só de trazer a verdade a tona, gostaria tb que as pessoas envolvidas nos ataques repensem suas atitudes, observem a dignidade de quem está ao nosso lado, a correção de nossas atitudes e possa tb se redimir. Que perceba que não alimentamos o jogo sujo, que não jogamos na mesma moeda, pq cada um de nós só tem a perder com isto, são pessoas com suas vidas, com pessoas queridas pra cuidar, com vidas a se dedicar. Todo mundo tem uma chance de se voltar para aquilo que é necessário e verdadeiros em suas vidas, a oportunidade é agora.

8 comentários:

EU SOU NEGUINHA disse...

Senhor Eros..
PAssando aqui pra deixar meu repudio a este tipo de coisa,seja dentro do Bdsm,seja fora.
O que me causa indignação é mexer com seres humanos,e falo,pq tbem a um tempo vivo isso em meu blog e sei como é,ser vilipendiada da maneira mais suja do mundo,por alguém,que infelizmente não mostra a cara.
É,ainda temos pessoas de mente tacanha,frustrada e que ainda necessita agir desta maneira para chmar atenção e não consegue enxergar o quanto mal faz a si,além das pessoas envolvidas.
Deixe um abraço a você Senhor Eros e meu carinho a Atena que sabe que pode contar sempre comigo

{Nega}_(V)

silenciosa sub disse...

Ao descobrir o fascinante mundo BDSM a 10 anos atrás,
uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o excelente nível dos membros,
onde ao conversar com cada um/uma um pouquinho, percebi a garra, determinação e
objetividade no que cada um queria.
Resumindo esta parte: Os pares Dom/Domme/subs não são fáceis de se formar, nunca foram,
mas com paciência e perseverança, conheci ótimos e feliz casais.
O cenário hj em dia, caiu de uma tal maneira que o que mais vejo são pessoas
sérias se afastando cada vez mais.
Quem se dá ao luxo de atacar um membro, abrir perfis fake ou tentar se passar
por quem não é, a verdade seja dita: é de muito mal caráter e de uma baixaria sem tamanho.
Não estou aqui para defender Eros ou Atena ou qualquer outro par, mas sim,
defender a verdade. E para bons observadores, é claro e límpido ver
que quem quer que esteja tentando se passar por eles, não está tentando comprometer
apenas ao casal, mas sim, denegrindo a boa imagem do BDSM.
*Desmascarei uma sub tentando se fazer passar por outra e isso é inconcebível, desrespeitador e imaturo,
coisas que não combinam com o verdadeiro SM.
Já errei muito tb no BDSM e não me envergonho em me desculpar e tentar minimizar meus erros.
Sou partidária de verdades e membros mentirosos não merecem estar no nosso meio.

saudações respeitosas,

g.

Anônimo disse...

naum sei pq mais algo me diz q certo exercito vai começar a ter uma queda a partir de amanhã...pq será?! nunca cante vitória antes de soar o último gongo. e brigadu pelo presente q vcs me deram, me ajudou mto nesse momento.

Anônimo disse...

olà essa e a primeira vez que entro aqui e leio tudo com atençâo .. concordo com isso tem muita gente se apropriando e muitos falsos pessoas sem escrupulo mal amadas ou seja pessoas imcapaz de ser feliz ai fica querendo acabar com as pessoas que leva o bdsm a serio eu mesma ja sofri muito uma vez que quiz fazer uma denucia vierâo todos contra mim por tanto hoje eu so observo tudo de longe mas cinseramento tudo isso esta dando nojo de ver as pessoas acabando com o bdsm um mundo onde nos podemos viver nossos feitches e realizar nossas fantasias ...

yasmin so yasmin disse...

Estive fora do ar durante um tempo e pensei que essa história já havia acabado e que o tal fake tivesse cansado. Pelo visto me enganei. o Sr sabe como me posiciono diante destes fatos. E concordo qdo diz que as tais pessoas, porque acredito que seja mais que uma, deveriam usar todo esse arsenal para encontrarem a própria felicidade... Infelizmente acabamos encontrando esses tipos de seres vez por outra na vida. Mas ao menos temos a honradez de trazer esse tipo de prática à tona, à luz. Somente assim podemos nos proteger...
Pra variar já escrevi demais.

Yasmin

Outra mulher em mim disse...

Ao observamos o BDSM notamos muitas coisas...boas e ruins.Devemos lutar por nossas escolhas e ainda impedir que nos podem em nosso caminho.
Ao praticarmos o BDSM tudo isso torna-se um sentido...um caminho sem volta...uma mudança de vida que é para sempre.
Uma vez escolhido o que se quer é sem recuos...

Abraços!!

Anônimo disse...

Sr! O que acontece? Acabo de regressar e me interar das coisas,amigos me contaram as noticias da "hora", um festival de insanidades no orkut, a que ponto chegamos!
O que está acontecendo? Pq atena fechou o blog? pq vcs não estão colocando um pto final nisso tudo?
Sr não pode ser verdadeiro o que dizem por ai, não mesmo...por favor o Sr e atena devem arrumar esta casa é nossa casa, a casa dos praticantes sérios e não de palhaços e malucos.
Abs e torço para que vcs logo normalizem tudo e esse inferno que vivem termine.

Secret_Passion disse...

Hey, Bom dia!
Recebi um comentario inquietante numa de minhas postagens sobre essa "inconveniente"(imagino que incoveniente seja o minimo)situação
Partindo do principio que eu esbarrei no tema Bdsm em dezembro de 2011..eu não sei os detalhes dessa estoria nem as versões, mas não sou estupida e sou bem mais esperta do que falr sem saber rs então vou ler sobre.