A sub que controla o Dom.


2100244191_fdd36639d3
Upload feito originalmente por corvo0569
Todos nós sabemos que o BDSM se baseia em duas figuras: a que comanda e a que se submete.
Tem várias maneiras de descrever as duas, sejam mais específicas, sejam mais superficiais.
Papéis bem definidos as relações se desenvolvem, se efetivamente BDSM, somos felizes, se oportunistas, vivemos sob riscos.
Mas ninguém fala da relação onde a sub comanda.
Conheci alguns casos, dois bem nítidos.
Ela se dá, na maioria das vezes, de maneira sutil, o Dom vai sendo induzido pela sub, sugestionado, manipulado.
Acaba atendendo todas as expectativas dela, provavelmente pq têm prazer com isto.
Nada mais teatral e falso, os dois assumem seus papéis e se exibem felizes como um sucesso de casal, mas, observando mais de perto, se percebe que é a sub que comanda, que determina o andamento da relação.
É uma relação, normalmente, intensa, pq tem poucos conflitos, os dois sempre estão satisfeitos pq tem suas necessidades atendidas, ainda mais se os desejos da sub forem ousados, desafiadores.
Não incluo na mesma categoria dos pseudo adeptos, afinal, os envolvidos realmente gostam dos papéis que exercem, apesar de só exercerem pelo compromisso tácito que há entre os dois.
Eventualmente uma relação BDSM pode andar conforme o gosto da sub, quando há convergência, quando a motivação é justa, quando é apropriado, mas uma relação fortemente baseada nos anseios da sub já foge a todos os conceitos.
BDSM é aprendizado, toda ferramenta que ajude neste aprendizado é perfeita, desde que não fuja ao são, seguro e consensual, mas ferramentas tem duração certa, se a teatralidade ou as induções tem como objetivo aprimorar uma relação, produzir conhecimento, dar segurança aos envolvidos, tudo bem, mas eternizar?
Pessoalmente, não deixo de enquadrar como BDSM, levando em consideração que a sigla abraça vertentes e intensidades diversas, mas me incomoda o engodo que é, a enganação que é, seria mais interessante assumir ou, pelo menos, evitar posar de BDSM clássico.
E vcs, conhecem alguma relação nestes moldes? Vamos lá, se esforcem, quem sabe vc até faça parte de uma relação assim...

Comentários

Sophye disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Sophye disse…
Acho q não me enquadro ai não...
não foi essa experiencia q vivi, mas achei interessante sua visão das coisas sem hipocresia me fascina, vou explorar mais seu blog

Sophysticada
Joy disse…
Conheço esse tipo de relacionamento muito bem. Registrei meu desconforto com a situação num post em meu blog.
Para mim, é decepcionante quando percebo que sou eu que estou dando as cartas sempre.
Não gosto disso, não é o que busco. Não gosto de manipular. Mas a fraqueza não é minha. é de quem se propôs a ser Dono de mim, mas revelou-se incapaz de fazê-lo, de conquistar meu respeito e obediência.

Postagens mais visitadas deste blog

Frase da semana.

Postura.

Cadelas...