Postagens

Mostrando postagens de 2015

Cordas?

Imagem

Lamento

Mundo estranho. Vc tem a mulher de natureza sub que não consegue dar o passo decisivo e a mulher, que de sub não tem nada, que desfila por ai se autoproclamando uma. O sexo é um mundo bem maior do que qualquer coisa, abriga de tudo e de todos e, justamente por isto, justifica muita coisa. Mas, num mundo imperfeito como o nosso, não dá pra esperar que tudo saia conforme a cartilha: BDSM pra praticantes, fetiches para os adoradores, sexo casual para quem assim deseja, sexo amoroso para os românticos, etc. Até pq, convenhamos, nem todo mundo tem compreensão exata do que se passa e sente. A questão é que tudo é tão corrompido que até vc acaba tb corrompido, se não de alma, de suas convicções. Difícil se manter por tanto tempo em algo que te mina, desgasta, se transformou em batalhas diárias. Por um tempo vc aguenta o tranco, as recompensas se sobrepõe, claro, desde que vc tb seja bem flexível qto a isto. Uma hora vc se recolhe, retoma o olhar para as outras coisas valiosas da vida que, se vc for …

Morto!!!!

O BDSM, em sua essência, é o encontro entre Dominantes e subservientes. É este encontro que justifica sua existência. E é a raridade de encontrar afinidades, complementos que praticamente obrigou o BDSM a existir. Dito isto, devemos excluir da essência do BDSM qualquer outra motivação que não seja a de Dominar e/ou se submeter.  Não se deve buscar no BDSM compensações pra vidinha comum, pros fracassos, pras nulidades baunilhas. BDSM não é um clube de sacanagem. BDSM não é um lugar onde qualquer um se intitula alguma coisa, desanda a repetir "conceitos" decorados e pronto, já sai colhendo frutos. BDSM muito menos é algo que tenha lido em livros de ficção ou em filmes. BDSM é real e trás consigo os pesos e dores de algo de tal relevo mas, como todo corpo saudável, é sujeito a doenças, estragos, corrupção. E, pelo que vejo, já se contaminou. E o estrago é tão grande que células saudáveis estão sendo "expulsas", não encontram mais espaço no meio. A putaria se instalou.  Tem d…

Sexo fácil, mascarado de BDSM

A história mais comum...
Mulher na faixa dos 30, que encontra um cara com bom discurso, que sabe o que dizer e quando dizer, fala de BDSM, das vantagens, mostra seriedade, etc. Diz que não é sexo pelo sexo, coisa e tal, que envolve uma série de coisas, até mais importantes que sexo. Mas, no dia a dia, não tem preocupação nenhuma em te ensinar nada, cuidar de vc, te preparar. Vc continua crua, nem mesmo etiqueta pro meio vc tem. Logo ele já está colocando em prática suas fantasias e fetiches, menages, surubas, etc., manda vc buscar irmã de coleira, sair à caça (por ele). Quanto mais suscetível vc for, mas ele se dedicará à vc, mas ele se fará presente, convincente, mas assim que vc começar a criar dificuldades, ele vai começar a inventar histórias, problemas em casa, com família, trabalho, talvez alguma viagem de negócio. Mas antes disto te cercará por todos os cantos com perfis falsos, se passando até por subs. São maneiras de te analisar, induzir, sugestionar. E vc, fragilizada na vida pess…