Postagens

Mostrando postagens de 2012

Natural

Imagem
Untitled, upload feito originalmente por Alec Dawson.

Servir-se.

Imagem
Untitled, upload feito originalmente por brutart.

Prisão.

Imagem
Untitled, upload feito originalmente por Alec Dawson. Muitas vezes está na entrega a liberdade almejada.

Reversões...

Imagem
IMG_0287f, upload feito originalmente por Manoel Guimaraes - Photographer.

Fetiches

Existe um certo preconceito contra os fetiches, como se fetiche fosse para os fracos. Na realidade, o problema nunca esteve no fetiche e sim na confusão que se faz que leva muita gente a se embrenhar no BDSM em busca de realização. Mas veja, a grosso modo, o que difere BDSM de fetiche é a relação continuada e dedicada, enquanto em um vc se entrega de maneira prolongada, o outro tem o tempo (consensual) de acontecer. Claro que o fetiche está impregnado em todas as relações, inclusive BDSM. Apesar do núcleo da relação ser algo bem definido, nela cabe alguns bônus que só incrementam, o fetiche incluído. O fetiche, portanto, não deve ser diminuído, ao contrário, quando do tamanho certo e bem realizado, só mostra a maturidade dos envolvidos. Um relacionamento baunilha onde os fetiches fazem parte, esquentam a relação e são tratados de maneira aberta só revela a existência de duas pessoas bem resolvidas, no fim, não é este o ponto alto da relação? Se permitir, se encontrar nela? Em hipótese algum…

A Dominação Baunilha.

Todo mundo sabe que antes de descobrir o BDSM, vc passa por fases de seu auto conhecimento, de auto descoberta sobre seus gostos, desejos e natureza. Muitas vezes, por falta de coragem, vc fica resguardando, reprimindo isto na vida baunilha. Tb sabemos como é ruim não saber dosar, de equilibrar as coisas deixando a vida baunilha se contaminar. Mas poucas vezes refletimos sobre como isto afeta os "dominadores". É preciso olhar com cuidado pra não se deixar confundir. Nem todo mundo que se passa por "dominador" no dia a dia é de fato um Dominador. Qts usam de arrogância e autoritarismo para esconder sua insegurança, seus medos e fraquezas? Considerando que um Dominador deve ser bem resolvido, ciente de sua condição e de sua autoridade, alguém que usa máscara parecida não pode ser considerado como tal. Gritar, gesticular, se impor na força, promover o medo, tentar criar uma imagem que não condiz com sua realidade são artifícios que não podem induzir ao erro de avaliação, não…

A Evolução da sub.

Como diz o ditado, ninguém nasce sabendo, o que se aprende depende muito de como vc aproveita a caminhada. A trajetória de uma sub psico pode enriquecê-la ou não, tudo depende de como fará suas leituras, escolhas, etc... O primeiro passo, este sim definitivo pro seu sucesso, é se reconhecer sub, observe que se reconhecer é diferente de se achar sub. A coragem necessária pra se reconhecer e, em seguida, buscar meios para se realizar como sub é fundamental pro que virá, erros e acertos, alegrias e tristezas, momentos de insegurança e risco, realizações e fracassos, tudo vai moldando a sub... É bom lembrar que a sub deve buscar aquilo e aquele com quem tem afinidade e vontade, esqueçam a conversa fiada que sub deve se moldar ao Dono, a sub só se molda ao Dono depois de definida a consensualidade, onde se considera a afinidade, a partilha, o desejo, o encontro necessário entre duas pessoas para evoluir, só então a sub se molda ao Dono na busca do prazer de ambos. Claro que uma sub pode b…

A Evolução do Dom.

Pensando na trajetória de um Dom Psico, vemos que ele tb evolui, aprende com a própria prática. Com a vivência vai domando as próprias armas, recursos, vai se domando. Observem que a ferramenta do Dom, o brinquedinho de um Dom Psico é a mente, quanto mais ele for Senhor dela, mas ele será Senhor de suas subs. Todo o resto é anexo, sem o domínio de sua mente ele não será ninguém. Evidentemente esta habilidade vai aumentando com a experiência, ao menos deveria. Comparando o BDSM a um mercado, falo do mercado do ponto de vista técnico, chega um ponto que as próprias subs passam a ter expectativas maiores, o filtro afunila e quem não evolui fica na estrada. As habilidade de um Dom Psico são conhecidas: equilibrio, maturidade, sensibilidade, agudeza, auto controle, força mental, segurança, etc... Os primeiros passos costuma ser trôpegos, é a sintonia fina, com o tempo se aprimora, vai ganhando forma, descartando o que é desnecessário, focando no essencial até chegar o ponto que a dinâmica…

Submissão Baunilha

Muitas pessoas relatam submissão como algo sempre presente, mas que não sabiam descrever. Uma opção frequente é a submissão física, no sentido de querer se submeter sob uso de força, energia, sadismo, etc... Esta acaba dando as caras nos relacionamentos, sempre com pedidos constrangidos de uso de força, de um tapa, de xingamentos, etc...
E tem a submissão de obedecer, pertencer, se entregar, satisfazer, estar sob cuidados...
Me dedicando a esta, tema do blog, repito aquilo que é uma constante em meus textos: não confunda...
A submissão fora de lugar, fora de contexto, é ruim, causa mais danos do que ganhos. Não a toa acaba sendo mal vista, como sinônimo de nulidade, de "mulher de malandro", de mulher sem iniciativa, etc...
Não existe proteção numa relação onde um lado "explora" o outro, tira proveito, se beneficia sem oferecer nada em troca.
Por isto a submissão tem seu espaço, se encontra e florece quando dedicada à um Dom, quando vc tem um Dono consensual ao qual vc …

O que te prende?

Imagem
Buste sans tête, upload feito originalmente por zolgy. Qual é sua verdadeira prisão?

Confiança

Todos sabem da importância da confiança na relação, qualquer que seja ela. A confiança estabelece as possibilidades, define os limites, desenha a relação em si. Confiança é um dos pilares da relação BDSM, não tem como avançar sem ela, ao contrário, só se avança conforme ela cresce. Mas visto assim de maneira pura, podemos perder o essencial, a confiança se espalha na relação, tem formas variadas, é quase o ar que se respira. Vc confia na pessoa, vc confia em vc, vc confia nas suas e nas decisões do outro, vc confia na sua intuição, vc confia na entrega, vc confia no seu potencial e no do outro, etc... Claro que vc precisa confiar no outro pra evoluir, mas não basta, vc conhecendo o outro, sabe onde ele pode chegar e confia nisto, investe nisto. São confianças diferentes que determinam o caminhar. A sub, por exemplo, deve confiar na condução do Dom, nas escolhas dele, na capacidade de tomar decisões, de lidar com situações complicadas, de saber se portar numa sessão, de ter a ética ne…

Seu lugar.

Imagem
Vc sabe ao lado de quem vc deve estar?

O tamanho da relação.

Na relação de Dominação Psicológica o Dominador deve ter a responsabilidade de definir o tamanho que ela terá. Compor os ingredientes desta relação, definindo como cada um vai fazer parte, estabelecer limites, criar possibilidades dentro daquilo que a relação permite. E o que a relação permite depende muito do que a sub é capaz de lidar, e ai entra a leitura do Dom. Tb é preciso considerar o que o próprio Dom tem interesse em compartilhar, ceder, permitir. Se vc subestimar ou superestimar a relação, criará zonas de atrito desnecessárias que nem sempre serão administráveis. Efeitos colaterais, se existirem, devem ser previstos. A dosagem deste processo tb está nas mãos do Dom mas, é fundamental, que a sub confie para que possa seguir em frente. Nem sempre ela terá o que deseja, ao menos a primeira vista pq, se bem conduzida, logo ela entenderá as razões Dele. Outras vezes o caminho aponta pra bem mais longe que a sub se sente capaz, mas se o Dom fez a leitura e a dosagem correta, ela …

Canalizar sua natureza.

A maioria das histórias de membros do BDSM envolve a percepção já de longo tempo de que tínhamos algo de diferente, uma necessidade, uma inquietação. O problema é que, muitas vezes, não sabíamos lidar com isto e tirava a desenvoltura da vida, limitando, pertubando, afetando nosso modo de ser e nossas escolhas. Ai vem o BDSM se descortinando como solução, mas... Com o passar do tempo as coisas não acontentecem como esperado, ao menos na vida baunilha. O problema é que poucos conseguem canalizar exclusivamente sua natureza Dominante ou submissa para as relação BDSM, continuam deixando "contaminar" a vida pessoal. O sucesso na vida baunilha depende da maneira com que vc se relaciona com o mundo, como vc se posiciona e usa suas virtudes, neste universo tanto uma quanto a outra natureza que fazem o BDSM, afetam os frutos que vc colhe, seu desempenho. Não dá pra ser submisso no dia a dia, muito menos pensar que o mundo está aos seus pés. Profissionalmente é um erro, garantia de que vai…

O mundo ao seus pés...

Imagem
untitled (Bordeaux), upload feito originalmente por Ranskafrede. Se entregar a sua verdade te permite ter e ser o que vc desejar.

A condução.

Imagem
Leashed, upload feito originalmente por LeopoldV. Ela não te reprime, cerceia. Ela leva vc aos recantos mais escondidos de sua alma, de seu prazer.
Sob as mãos certas, o infinito se abre diante de vc.

Arrepio

Imagem
39561350f, upload feito originalmente por Manoel Guimaraes - Photographer.

Proteção

O conceito de proteção no BDSM por vezes é tão distorcido, e olha que nas famosas três regras ele é mais do que reforçado.

Um Dom deve proteger sua sub, deve orienta-la, torna-la capaz de lidar com as diversas variáveis de uma relação assim como em suas interações com o mundo externo, fazê-la se sentir segura, confiante, capaz de confrontar seus medos e inseguranças.
Um Dom tb deve ser o abrigo de sua sub, oferecer conforto, serenidade e atenção. Estar sob os pés do Dono tem mais significados do que um simples ato de entrega ou, como alguns preferem, de devoção.
O Dom é o farol, o Dom é o norte da sub, mas estas virtudes são naturais, inerentes à própria Dominação, são qualidades de um Dom. Não se podem simular tais qualidades.
Relações só são duradouras quando há esta sensação de proteção, o que é feito de vidro quebra, não resiste às tensões de uma relação tão intensa.
Tb é óbvio que o Dom precisa ter uma ligação com a sub, relacionamentos não são aleatórios, não se formam em esquinas, e…

Cegos no Castelo.

A inveja e a cobiça realmente não combinam com BDSM. Pois é, falamos tanto das virtudes que, por vezes, nos esquecemos dos vícios e defeitos que corrompem tudo. Mas, felizmente, sempre tem aqueles que, em seus excessos, nos lembram de que devemos zelar pelo que temos de mais precioso. Não é de hoje que alguns tentam exercer o papel de donos do BDSM, os sabichões que, em suas arrogâncias e prepotência, menosprezam as individualidades e os direitos alheios. Por eles, teríamos não três regras, mas uma constituição estabelecendo plenos poderes pra eles, claro. Já li propostas, por exemplo, de que toda sub antes de se submeter aos seus Doms consensuais, deveriam passar pelas mãos "sagradas" de uma elite, que assim se auto definiam. E aquilo que tem de mais belo se tornaria cinza, perderíamos o direito de estabelecer nossas relações de maneira consensual, teríamos carteirinhas como as de motorista, com classificação, renovação e taxas. Pagaríamos anuidades como as dos conselhos regio…

Papos e Reflexões: O que é o que é?

Papos e Reflexões: O que é o que é?: No gogó... Viver, e não ter a vergonha de ser feliz...

Existe vida lá fora...

Imagem
Para muitos, uma verdade surpreendente.
Portanto, vamos viver?
:-D

Medo?

Imagem
ranskalaistyylinen seitinohut iltapäiväkänni-C1, upload feito originalmente por Ranskafrede. Quem tem medo de viver? De caminhar? Deixar pra trás o passado, construir o novo? Medo?
Faz me rir...
:-D

Ir além.

Imagem
Summer trip 6. Figure, upload feito originalmente por Alex Dram. Mas do que a capacidade de ir além, é preciso a capacidade de ler além, de entender além do que se oferece. Sem esta capacidade, o caminho jamais será visto.
Ver além e lidar com o que se descobre é a grande sabedoria, senão seremos semrpe reféns do velho.

Emaranhados.

Imagem
Panda-Tied, upload feito originalmente por Mark Coffin. Em que tipo de emaranhado vc vive?

Transformação.

Imagem
Metamorphosis, upload feito originalmente por Nanni Spano. O caminho natural da sub.

Constatação do Dia.

As pessoas criam suas próprias verdades e nelas repousam. Cegas, jamais percebem o quão longe estão da realidade.
Se nutrem das fantasias, desejando obstinadamente transforma-las em verdades. Enquanto isto, a verdade teima em acontecer... Sem o testemunhos daqueles que optaram em se negar a ver. Tão mergulhados nos sonhos que vivem, distorcem até aquilo que lhes salta aos olhos, se apresentando com o brilho que só a verdade pode conter. Entorpecidos, só enxergam vultos, borrões...
Quando se dão conta, não há mais ninguém ali, perderam tudo.  Que triste viver assim.

Frase do Dia.

A relação Dominador/submissa é um encontro de vontades. Quanto mais estas vontades forem complementares, mais feliz será este encontro.

Sutileza.

Imagem
Um gesto. Um olhar. A obediência.
A plenitude.


Quem disse que precisa de mais?

O Aprendizado do Dominador.

A capacidade de um Dom aprender com o processo de dominação, na interação com sua sub e a maneira que transforma este conhecimento em ação é o que lhe permite ser bem sucedido no papel que exerce. Justamente esta virtude de processar o que absorve que o torna capaz de transmitir e conduzir uma sub. Muito se diz, e é uma verdade absoluta, que a sub é uma eterna aprendiz dentro da relação, mas pouco se valoriza o aprendizado do Dom, como se ele já nascesse pronto pra missão de Dominar. Não é bem assim, da mesma maneira, não existe manual, regras a serem seguidas. Cada um deve usar de suas qualidades pessoais para ganhando forma, a partir dai, e sempre de maneira dinâmica, ir absorvendo mais e mais a cada nova fase, a cada nova relação. Tb é preciso entender que é um processo linear este de aprendizado, pq pular de galho em galho caracteriza o curioso, a busca por algo ainda não definido. Pode até fazer parte dos primeiros passos, mas estabelecida a caminhada, cabe se aprimorar naquilo …

O Grande Equívoco.

Se existe algo constrangedor é a leitura baunilha lançada sobre o BDSM. Quando visto de fora, vira um show de aberrações e atrações pra lá de peculiares. Tanto é que a maioria de nós prefere manter bem guardadinho o que somos e fazemos. No entanto, nada supera a leitura baunilha dentro do próprio meio, considerando que temos regras próprias de convívio e relacionamentos, ter uma leitura abaunilhada só causa distorções e, muitas vezes, danos. Expectativas, desejos, vontades que surgem pela leitura equivocada, pelo entendimento distorcido produzem desdobramentos costumeiramente ruins. Por outro lado, ao bom observador e aprendiz, acaba sendo uma ótima oportunidade de crescer, evitar os erros, construir algo sólido e que te faça tomar decisões com maior chance de acerto, algum grau de sabedoria. Muito se fala do BDSM, de gente tirando proveito do meio, mas a maioria aponta pra fora, não vê a própria contribuição para que isto aconteça. É como diz o velho ditado: "Quando apontares p…

Mentes Obtusas II

O BDSM bem vivido é das coisas mais enriquecedoras que alguém pode passar. É transformador, é intenso, é prazeroso, é único. Mas não é para todos. Ter a sabedoria de perceber isto já é um dos efeitos benéficos do meio. Não adianta forçar sua natureza na expectativa de conseguir alcançar o que é tão certo e ajustado nos outros. Cada um de nós tem seus caminhos para a felicidade, não existem atalhos, devemos ser obstinados sim na busca de nossa felicidade, esteja ela onde estiver, seja qual caminho deva ser percorrido. Felicidade, portanto, não se rouba, não se pega emprestado, busque a sua sem se deixar cegar pelas tentações ou pelos enganos. Conselhos antigos, que atravessam os séculos e sobrevive ao tempo pq é uma verdade inatacável. Infelizmente, muitos ainda não se deram conta disto e buscam a todo custo não só roubar a felicidade alheia como impedir que os outros sejam felizes. Mas o que eles têm além do propósito malévolo de prejudicar aos outros? Nada. Quem age assim não tem am…

Erga-me

Imagem
Body repairs, upload feito originalmente por Miss Aniela. Mantenha-me.

Manchete.

Muitas vezes estamos caminhando na rua e olhamos aquela banca cheia de jornais abertos convidando a leitura, damos uma paradinha, lemos as principais notícias, das mais variadas fontes e estilos, e seguimos em frente com um novo repertório de assuntos para nossas conversas. No mundo da internet esta mesma paradinha se dá nas páginas dos principais sites, com fotos e vídeos saltando aos olhos. Quando se analisa as notícias efetivamente lidas vão se destacar as fofocas, os BBBs e as esportivas. Recentemente, uma grávida morreu em um acidente em São Paulo, de maneira precipitada toda a mídia, público em geral e até a polícia condenaram o outro motorista. Pq? Boa pergunta. Será pq uma grávida morreu? Pq não foi possível salvar a criança? Pq era a segunda esposa do motorista que havia morrido num acidente? Pq encontraram garrafas no carro do outro? Nenhum fato aprofundado, até que surge um vídeo propiciando nova leitura dos acontecimentos. Anos atrás os donos de uma escola infantil perderam t…

Oportunidades.

É muito interessante como a vida nos dá oportunidades e como lidamos com elas. Entramos no BDSM com uma série de expectativas, algumas reais e outras nem tanto, uma dose de fantasia é comum entre quem começa no meio. Oportunidades vão surgindo, oferecendo ensinamentos, aprendizados, vivências. Às vezes de forma dolorosa, outras de maneira suave, mas sempre deixando suas marcas. O lidar com estas oportunidades é que diferencia quem segue em frente de quem fracassa. O que não dá é pra culpar a oportunidade ou terceirizar a própria responsabilidade. Devemos aprender, buscar entender e a cada nova oportunidade ir usando o que se acumulou, como uma bagagem crescente que vai nos oferecendo apuro na hora de decidir. Nem todo mundo sabe lidar e entram vários motivos pra isto: despreparo, excesso de confiança, erro de leitura, inadequação, arrogância, medo, insegurança. etc. O que fazer no fracasso? Seguir em frente, agregar conhecimento, se aprimorar. Oportunidade perdida é passado, olhe p…

Confiança cega

Imagem
Untitled, upload feito originalmente por Radoslaw Pujan. Isto é pra poucas.